Jovens arrombam joalheria e furtam dezenas de relógios e joias em ouro e prata

Eles furtaram 21 relógios e centenas de joias, mas acabaram presos quando saiam da joalheria

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Dois jovens de 21 e 22 anos foram presos na madrugada desta segunda-feira (03) ao serem pegos em flagrante furtando a Joalheria Thalita, localizada na Avenida Brasil, no Bairro CPA 2, em Cuiabá. Os dois furtaram diversos relógios de marcas famosas e muitas joias em ouro e prata.

O caso aconteceu por volta das 2 horas desta madrugada. A Polícia Militar recebeu denúncias de que a joalheria estava sendo furtada e foi até o local, encontrando a porta lateral da loja arrombada e aberta.

Eles acionaram a presença de mais equipes militares, momento em que viram um jovem, de 21 anos, saindo da joalheria com uma sacola nas mãos. Conforme o boletim de ocorrência, ao ver os policiais, ele tentou fugir correndo.

Ao vê-lo correndo, o comparsa do suspeito, de 22 anos, também tentou fugir, mas este apontou algo para os policiais, que parecia ser uma arma, e, por isso, a equipe atirou contra os dois.

Os militares os seguiram e um foi detido uma rua abaixo da avenida em que fica a loja. O outro na Rua Piauí. Eles resistiram à prisão e precisaram ser algemados. Os dois foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Cuiabá.

Dentre os objetos roubados – e recuperados pela PM – estão 21 relógios das marcas Magnum, Tecnos e Oriente, 20 pulseiras de prata, nove correntes de prata, um mostruário com peças diversas de ouro, seis correntes de ouro, cinco pulseiras de ouro e diversas peças como brincos, anéis e pingentes de ouro prata. Todos os materiais foram devolvidos à dona da loja.

Durante o registro da ocorrência, uma equipe da Polícia militar encontrou um veículo Celta de cor branca estacionado no cruzamento da Avenida Brasil com a Rua Tangará, no Bairro CPA 1, com as portas abertas e a chave próximo ao veículo. Os suspeitos presos, então, confessaram que o carro estava sendo utilizado para dar apoio ao crime. Dentro do veículo estavam um alicate de pressão, uma tesoura de verga e um cadeado danificado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMT Escola de Teatro abre processo seletivo para 7 cursos em teatro e produção cultural
Próximo artigoFlauta Mágica e Flor Ribeirinha se unem em espetáculo na Musiva