Jovem é morto pela Rotam ao fugir de abordagem

Gabriel Leonardo da Silva Xavier teria apontado uma arma para o comandante da equipe de militares

(Foto: Divulgação / PMMT)

Gabriel Leonardo da Silva Xavier, de 20 anos, conhecido como Chucky, morreu em um confronto com a Polícia Militar (PM) na noite de quarta-feira (27), em Cuiabá. Conforme informações da PM, ele teria fugido de uma abordagem da Rondas Ostensivas Tático Metropolitanas (Rotam) e, quando foi encontrado, apontado uma arma de fogo para o comandante do grupo de militares.

O fato foi registrado por volta das 20h, no bairro Jardim Colorado. Segundo a narrativa policial, a equipe da Rotam estava em patrulhamento na região e avistou uma pessoa em uma motocicleta, modelo Honda Biz, cor azul. O veículo era conduzido por Gabriel Leonardo.

Ao ver os policiais, o rapaz teria fugido e foi então que começou a perseguição.

Quando chegou à rua F, o jovem entrou em uma residência e os moradores começaram a gritar até a chegada da Rotam.

Os militares conseguiram localizar Gabriel Leonardo dentro da casa, mas ainda assim, o rapaz conseguiu fugir novamente dos policiais e foi para os fundos do imóvel.

Conforme a Rotam, quando o suspeito foi localizado, empunhou uma arma, revólver calibre ponto 32, para o comandante da equipe. Os policiais atiraram e Gabriel Leonardo foi ferido. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o rapaz não resistiu e morreu no local.

De acordo com a polícia, Chucky, como era conhecido, tinha 21 passagens criminais por crimes como homicídio, roubo, furto, receptação, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo. Com Gabriel Leonardo foi encontrado também um tablete de maconha.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOnde foram parar os R$ 100 milhões da Saúde? PF quer identificar os beneficiados do esquema
Próximo artigoPorta aberta para gestantes, Hospital Geral realizou mais de 900 partos este ano