Jovem chinês vende um rim para comprar Ipad e o outro acaba morrendo

“Porque preciso de um segundo rim? Um é o suficiente”, justificou quando fez a cirurgia

Foto: Reprodução

O jovem chinês Wang Shangkun, sem dinheiro, mas com o sonho de adquirir um iPad e um iPod da Apple, decidiu em 2011 vender um de seus rins para o mercado negro, para comprar os eletrônicos. Acontece que agora ele está internado esperando por hemodiálise, já que seu último rim morreu.

O órgão foi vendido no mercado negro do Leste da China pelo equivalente a R$ 11,8 mil. Na época da cirurgia, segundo relatos, o chinês chegou a dizer: “Porque preciso de um segundo rim? Um é o suficiente”.

Segundo o portal Mirror, depois de fazer a cirurgia de remoção do órgão, Shangkun desenvolveu deficiência renal, que acredita-se ter iniciado por uma infecção adquirida no ambiente insalubre em que ocorreu a cirurgia, em conjunto com a falta de cuidados pós-operatórios.

Logo após o caso ganhar repercussão no país, nove pessoas envolvidas no caso foram detidas e cinco delas, incluindo os cirurgiões que fizeram o procedimento, foram condenadas à prisão, em 2012.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS