Jovem armado faz ameaças em festa, é rendido, espancado e morto

Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital

Imagem ilustrativa / Pixabay

Um homem de 29 anos foi morto nesse domingo (22) após, supostamente, ameaçar outras pessoas com uma arma em uma festa, ser desarmado e acabar espancado. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

O caso aconteceu por volta de 0h30, na Vila Matão, em Pontes e Lacerda (450 km de Cuiabá).

O Grupo Especial de Fronteiras (Gefron) da Polícia Militar foi acionado com a informação de que um homem estava ameaçando várias pessoas em uma festa na Vila Matão.

Uma equipe foi até o local e encontrou uma espingarda calibre 20 com uma munição intacta. As pessoas que ainda estavam no local, então, contaram que o homem que estava com a arma havia sido desarmado e espancado pelas pessoas que ele estava ameaçando.

Depois do espancamento, ele foi socorrido pela esposa e pelo irmão, que o levaram para a cidade de Pontes e Lacerda em um carro próprio.

A equipe do Gefron foi em direção à cidade para tentar encontrar a vítima e, no caminho, encontrou um Fiat Pálio azul nas margens da MT-473 sem combustível. No carro estavam a vítima, a esposa e o irmão.

Os policiais pegaram o homem ferido e a esposa, colocaram na viatura e acionaram o Corpo de Bombeiros para encontrá-los e socorrer a vítima, que foi levada para o Hospital Vale do Guaporé.

Na unidade médica, porém, o homem não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi registrado como homicídio culposo e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEsfaqueada pelo marido, mulher diz à PM que não quer que ele seja preso
Próximo artigoJayme Campos quer Mendonça no STF