José Mayer está suspenso das produções, diz Globo

Por meio de uma nota enviada à reportagem, a Globo confirmou que o ator José Mayer está afastado das produções nos Estúdios Globo “por tempo indeterminado”. A emissora também se solidarizou com a manifestação de funcionárias que usaram nesta terça-feira, 4, camisetas com a frase “Mexeu com uma, mexeu com todas”.

O afastamento vem depois que a figurinista Susllen Tonani denunciou um assédio por parte do ator. De acordo com a nota, Mayer foi notificado da decisão na segunda-feira, 3. O ator divulgou uma carta aberta nesta terça, 4, reconhecendo o erro e pedindo desculpas.

Abaixo, a íntegra da nota da emissora, enviada no início da tarde desta terça-feira:

“Em relação à denúncia de assédio envolvendo o ator José Mayer e a figurinista Susllen Tonani, a Globo reafirma o teor da nota divulgada na última sexta-feira, quando afirmou que o caso foi apurado e que as devidas providências estavam sendo tomadas. Naquela nota, a emissora enfatizou que repudia toda e qualquer forma de desrespeito, violência ou preconceito. E que zela para que as relações entre funcionários e colaboradores se deem em um ambiente de harmonia de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. Esta convicção da Globo foi reafirmada para um grupo de atrizes, diretoras e produtoras, reunidas no domingo à noite, quando a emissora informou que, apurado o caso, tomou a decisão de suspender o ator José Mayer de produções futuras dos Estúdios Globo por tempo indeterminado. O ator foi notificado na segunda-feira dessa decisão. Sobre a iniciativa de funcionários, colaboradores e executivos de usar hoje camisetas com os dizeres “Mexeu com uma, mexeu com todas”, a Globo se solidariza com a manifestação, que expressa os valores da empresa. O ator José Mayer, de enorme talento e com grandes serviços prestados à Globo e às artes brasileiras, certamente terá oportunidade de expressar seus sentimentos em relação ao triste episódio e esclarecer que atitudes pretende tomar. A Globo lamenta que Susllen Tonani tenha vivido essa situação inaceitável num ambiente que a emissora se esforça cotidianamente para que seja de absoluto respeito e profissionalismo. E, por essa razão, pede a ela sinceras desculpas.”
(Com Agência Estado)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSer mulher em 2017
Próximo artigoFazenda de ministro tem pista de pouso clandestina e lixão a céu aberto