Joe Biden promete avançar com políticas de desarmamento nos Estados Unidos

De acordo com o democrata, o governo não vai esperar "nem um minuto" para avançar com as regulamentações contra armas de fogo

Foto: Kevin Lamarque/Reuters

Na tarde desta terça-feira (23), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, voltou a falar na proibição de alguns tipos de armas de fogo no país. O democrata afirmou que seria a hora de proibir a venda de fuzis e carregadores, por exemplo.

Desde o período de campanha, o desarmamento é uma das principais pautas de Joe Biden. O democrata pretende, até o fim de seu governo, proibir a compra e venda de fuzis de assalto, armas semiautomáticas e alguns tipos de explosivos.

O democrata teria ido hoje ao Congresso americano para pedir avanço nos projetos que pretendem regulamentar a posse de armas.

“Não devemos esperar nem mais um minuto (…). Peço aos meus colegas da Câmara de Representantes e do Senado para agir”, disse o presidente.

Dessa vez, é possível que a Câmara aceite o pedido de Biden e os Estados Unidos passem pelo o mais rígido controle de armas desde a sua fundação.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno vai triplicar multa e interditar comércio que desobedecer restrições
Próximo artigoMinistro Kassio Nunes vota contra suspeição de Moro em processos contra Lula