JBS recolhe 3,2 toneladas de carnes por suspeita de salmonela nos EUA

Recall não tem relação com a JBS Brasil; até o momento 57 pessoas em 16 estados americanos foram contaminadas

Foto: Ilustração

Cerca de 3,2 toneladas de carnes embaladas por uma unidade americana da JBS estão sendo retiradas dos mercados por suspeita de contaminação por salmonela. O alerta de risco foi emitido nesta quinta-feira (4) pelo Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar, do Departamento de Agricultura daquele país (USDA, na sigla em inglês).

As carnes cruas teriam sido embaladas entre 26 de julho e 7 de setembro deste ano. Segundo o USDA, a proteína pertence ao lote “EST.267”, processado e embalado pela JBS Tolleson Inc. no estado do Arizona. Os produtos foram distribuídos em todo o país americano.

Segundo o comunicado oficial, até o momento 57 pessoas em 16 estados diferentes manifestaram sintomas da contaminação entre 5 de agosto e 6 de setembro.

[related_news ids=”26956,26784,”][/related_news]

O Serviço de Inspeção informou ainda, por meio de nota, que disponibilizou uma lista dos produtos afetados no site de recall do USDA, e pede para que os consumidores que compraram esses produtos façam o descarte ou os devolvam nos locais de compra.

Sintomas 

Vômitos, diarreia forte e febre acima de 38ºC por um período de 12 a 72 horas são alguns dos sintomas do paciente que ingere alimentos contaminados pela bactéria salmonela. São semelhantes a uma gastroenterite e os efeitos podem durar de quatro a sete dias. A única forma de confirmar a contaminação é através de exame de fezes em laboratório.

Carne foi embalada e processada pela JBS Tolleson Inc. no estado do Arizona, USA – Foto: Tippmann Group

Esclarecimentos da JBS

A unidade de Tolleson que colocou no mercado o lote “EST.267”, possivelmente contaminado, foi inaugurada em 2013. À época, foi anunciada como uma instalação de “produção de carne moída de ponta”.

Em comunicado divulgado pela JBS USA, a gigante do mercado da carne alega que – por cautela – iniciou um recall voluntário dos produtos dessa planta devido à suspeita de salmonela e diz que a prioridade é garantir a segurança do consumidor.

“Nós estamos trabalhando em parceria com o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) para nos certificar de que todos produtos potencialmente impactados sejam removidos dos mercados e casas”, finaliza.

JBS Brasil

Procurada pela redação do LIVRE, a assessoria da multinacional no Brasil afirmou que o recall não tem qualquer relação com a JBS Brasil – e reforçou que o caso é restrito a uma subsidiária da JBS, no caso a JBS Tolleson, no Arizona, USA.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVendas de veículos crescem 7,1% em setembro, diz Anfavea
Próximo artigoEleições MT 2018: veja os números dos candidatos a deputado estadual e faça sua cola

O LIVRE ADS