JBS abre 3 mil vagas de emprego em todo o país

Em Campo Verde, distante 130 km de Cuiabá, a companhia oferece vagas para eletricista e mecânico de manutenção

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A JBS está oferecendo três mil vagas de emprego em todo o país, entre postos de trabalho diretos e indiretos. Em Campo Verde, distante 130 km de Cuiabá, a companhia oferece vagas para eletricista e mecânico de manutenção.

Em Brasília (DF), há vagas para gerente de loja e analista administrativo para área de vendas. No estado vizinho, em Campo Grande (MS), há oportunidade para operador de caldeira.

Na última semana, durante uma conferência com analistas, a JBS se comprometeu a manter seus mais de 240 mil empregados no mundo. Desse montante, 120 mil estão no Brasil.

A companhia também afirmou que manterá os investimentos anunciados para os próximos cinco anos, que somam R$ 8 bilhões no país.

Produção de Alimentos

Segundo a companhia, a produção de alimentos faz parte do grupo de atividades essenciais para a população, em meio a crise do coronavírus, conforme Decreto 10.282 de 20 de março de 2020.

Hoje a empresa opera mais de 130 unidades alocadas em cerca de 100 municípios brasileiros, sendo que em mais de 70% deles é a principal empregadora.

Para garantir a saúde e segurança nas suas fábricas, escritórios e Centrais de Distribuição, JBS informa que adotou uma série de medidas que seguem as orientações e protocolos da OMS (Organização Mundial da Saúde), do Ministério da Saúde, dos governos estaduais e prefeituras.

Entre as ações definidas pela JBS estão diversas práticas para coibir a aglomeração de pessoas, higienização e desinfecção dos ambientes, afastamento de pessoas em grupo de risco, comunicação sistemática para prevenção e proteção individual, entre outras.

Veja outras oportunidades aqui.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCom vacina, sem vacina
Próximo artigoRecursos dos fundos para o coronavírus

O LIVRE ADS