Janaina x Wilson: deputados comentam controvérsias na AL

Empréstimo dolarizado, aumento de impostos, greve dos professores. Janaina e Wilson fazem uma avaliação da postura que adotaram

(Foto: Helder Faria/ALMT)

A troca de governador em Mato Grosso e a renovação do quadro de deputados na Assembleia Legislativa fez os reeleitos Janaina Riva (MDB) e Wilson Santos (PSDB) – adversários ferrenhos até 2018 – assumirem posição completamente diferentes das que ocupavam.

Wilson Santos (PSDB), líder do ex-governador Pedro Taques (PSDB), hoje, naturalmente, faz oposição ao governo Mauro Mendes (DEM). O que chama atenção, entretanto, é que o tucano agora defende a pauta de servidores públicos – alguns deles, como os da educação, em greve.

Já Janaina Riva, na base de sustentação do governo democrata, deixou de lado o “cargo” de porta-voz do funcionalismo público com um propósito, segundo ela, de adotar um tom mais comedido que possibilitasse um convívio mais “harmonioso” com os colegas, em especial os da Mesa Diretora da Assembleia.

No terreno das discordâncias, eles mantém posicionamentos diferentes em relação a duas das principais mensagens do governo que passaram pela Assembleia neste ano: o refinanciamento do empréstimo dolarizado do Estado e o Projeto de Lei Complementar 53/2019, que trata dos incentivos fiscais e novas alíquotas de imposto.

No que diz respeito aos servidores públicos, só concordam em um ponto: que o governo não deveria ter descontado parte dos salários dos professores e profissionais da educação que estão em greve.

O que um pensa do outro?

Ao ser provocada para uma autoanálise, a deputada disse acreditar que não mudou tanto assim. Usando o argumento de desejar uma relação mais harmoniosa com os colegas, afirmou que está fazendo uma “construção” na Assembleia Legislativa.

Já quando foi questionada sobre que pensava do colega Wilson Santos, disse que o tucano é “hors concours” – alguém que não pode participar de um concurso por muito superior aos demais competidores.

Para exemplificar sua resposta, Janaina pontuou que, em janeiro deste ano, Wilson defendia uma maior taxação do agronegócio e, agora, com a apresentação do PLC 53/2019 – que atinge alguns setores da produção mato-grossense – passou a ser contra.

A parlamentar fez o comentário ao conceder entrevista ao programa Emparedados, da TV Gazeta.

Já Wilson Santos afirma não ser um deputado de oposição ao governo Mauro Mendes, mas “independente”. Ele também pontua achar natural que quem não está no governo tenha uma postura mais rigorosa “de fiscalização e cobranças de compromissos”.

Sobre Janaina Riva, ele se esquivou: “não costumo avaliar”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem agride a própria mãe com socos e pontapés e acaba preso
Próximo artigoMude sua Vida em 50 Dias