Já foi vítima de fraude? Agora é possível saber quantos celulares pré-pagos usam seu CPF

Dados do cadastro nacional estão disponíveis para morados do Centro Oeste; saiba o que fazer se for uma vítima

(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Você sabe quantas linhas de telefone celular tem seu nome? Sabe mesmo? Com o objetivo de identificar fraudes, a Anatel, em parceria com as operadoras Claro, Oi, Tim, Vivo, Sercomtel e Algar, criou um cadastro de todas as linhas de celular pré-pago do país.

A partir de quarta-feira (15), moradores dos Estados brasileiros localizados nas regiões Centro Oeste e Nordeste vão ter acesso a esses dados. Com isso, vão poder conferir quantas e quais linhas estão registradas em seus CPF.

Trata-se do portal do Cadastro Nacional da Telefonia Pré-paga, chamado Cadastro Pré.

Quem mora no Sul e do Sudeste do Brasil deve ter os dados disponibilizados a partir do dia 22 deste mês.

Com a consulta no cadastro, os brasileiros vão poder identificar se há, em seu nome, algum dispositivo que não adquiriu, encontrando, assim, fraudes com o uso de dados pessoais.

Como proceder se for o seu caso?

Se você descobrir uma linha fraudulenta em seu nome, vai precisar entrar em contato com a operadora. As companhias têm até 24 horas para encaminhar o pedido, se ele for feito por um atendente, ou 48h se tiver sido realizado por algum canal sem participação humana, como sites.

O serviço, contudo, não mostra as linhas pós-pagas que possam ter sido ativadas irregularmente com os dados cadastrais de uma pessoa.

(Com informações da Agência Brasil)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS