Irmãos fogem de casa por não aguentarem mais apanhar do pai

Crianças têm 11 e 12 anos e estavam sendo agredidas com socos na cabeça

Imagem Ilustrativa (Foto: Pixabay)

Dois irmãos, um menino de 12 anos e uma menina de 11, foram encontrados andando sozinhos pelas ruas do Bairro Novo Mundo, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), nessa segunda-feira (16), após fugirem de casa por não aguentarem mais serem agredidos pelo pai.

A Polícia Militar foi acionada em uma mercearia e distribuidora, onde as crianças estavam. Ao chegarem no local, os policiais conversaram com as crianças, que relataram que vêm sofrendo maus-tratos do pai, de 32 anos.

Os meninos disseram que o pai os tem agredido com socos na cabeça e os ameaça caso alguém venha a saber das agressões.

Os militares acionaram o Conselho Tutelar e uma conselheira foi até o local e acolheu as crianças, que pediram para ir para a casa da avó materna.

Os policiais foram até a casa das crianças, mas não localizaram o pai. Eles encontraram, porém, um bilhete de despedida na porta da casa, que as crianças haviam deixado, dizendo que preferiam fugir do que enfrentar novas agressões por parte do pai.

O caso foi registrado como abandono de incapaz.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolsonaro e Tarcísio de Freitas estarão em Cuiabá na quinta-feira
Próximo artigoAnatel sugere código para identificar ligações de telemarketing