Investigadora reage a assalto com a filha no colo e mata ladrão

Policial civil estava indo para a igreja quando foi abordada por ladrão

Uma policial civil de 42 anos reagiu a um assalto no Bairro Setor Nova Querência, em Querência (975 km de Cuiabá), nesse domingo (11), atirou no ladrão mesmo estando com a filha no colo, em um canguru de carregar bebês, e matou o ladrão.

O assalto aconteceu por volta das 19h50. A investigadora estava indo para a igreja com a filha no colo quando percebeu que estava sendo seguida por um motociclista em uma moto Honda Bros vermelha, sem placa.

Já próximo ao cartório, o motociclista se aproximou dizendo que estava armado e anunciou o assalto, pedindo o celular e os pertences da policial.

O ladrão estava bastante nervoso e agressivo e a agrediu com tapa. Diante disso, e temendo por sua vida e a da filha, a policial sacou sua arma e atirou contra o ladrão, que saiu correndo.

A Polícia Militar foi acionada por testemunhas e atendeu a vítima. Em seguida, a Polícia Civil chegou ao local e ficou responsável pelo local do fato.

Os policiais militares saíram em busca do suspeito e, pouco depois, receberam a informação que a Polícia Civil, acompanhada da vítima, encontrou o suspeito ferido em um lote próximo ao local do assalto.

Uma ambulância foi acionada para prestar socorro, mas ele não resistiu e morreu. O caso foi registrado como roubo e morte por intervenção de agente do Estado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorConsenso sobre André Mendonça
Próximo artigoBanco é condenado a indenizar gerente sequestrado com a esposa e filhos