Internacionalização na mão da PF

Empresa que administra o aeroporto Marechal Rondon sustenta que só a Polícia Federal ainda não concordou com a internacionalização

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Apenas a Polícia Federal ainda não concordou com a internacionalização do aeroporto  Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande. A afirmação é de Marco Antônio Migliorini,  diretor-presidente da Centro-Oeste Airports (COA), administradora do local.

Migliorini esteve reunido com os secretários da Casa Civil, Rogério Gallo, e de Turismo de Mato Grosso, Jefferson Moreno, nesta quarta-feira (4), para tratar do assunto.

No encontro, Migliorini explicou que a administradora do Marechal Rondon já possui autorizações de órgãos federais, como a Anvisa e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para a internacionalização. Somente a Polícia Federal ainda não teria se manifestado.

LEIA TAMBÉM

“Já temos, inclusive, a sala para a Receita Federal adequada, conforme as condições do órgão. Essa era a exigência da Receita para autorizar e que foi atendida, agora faltam apenas trâmites burocráticos, mas acreditamos que a autorização será concedida também”, explicou Migliorini, pontuando que outros investimentos serão feitos no aeroporto, incluindo uma sala de repouso para os agentes federais, até o segundo semestre de 2023.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem de 41 anos morre durante pescaria em Carlinda
Próximo artigoAnvisa determina apreensão de lote falsificado de remédio para atrite