Interdição da Trincheira Jurumirim para obras começará na quarta-feira (9)

Segundo o secretário Juares Samaniego, a Sinfra e a empresa responsável pela obra estão realizando ajustes ​nas rotas alternativas

(Foto: Luiz Alves / Prefeitura de Cuiabá)

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), adiou a interdição da Trincheira Jurumirim, – para execução de obras do Governo do Estado – que estava prevista para ocorrer nesta segunda-feira (7). O bloqueio da via ocorrerá somente na quarta-feira (9).

O motivo, segundo o secretário de Mobilidade, Juares Samaniego, é por causa da última vistoria realizada na sexta-feira (4),  que detectou alguns ajustes a serem realizados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e a empresa responsável pela obra, nas rotas alternativas.

O secretário da pasta de Mobilidade explica que na segunda-feira (7) será realizada uma outra vistoria nas rotas alternativas. “Na sexta-feira foi feita uma vistoria e a Semob pediu para corrigir e fazer alguns reparos nas rotas alternativas. E na segunda-feira,  outra vistoria será realizada para não ocorrer confusão no trânsito”.

A pasta de mobilidade informa que o trajeto é “alternativo” e não um “desvio obrigatório”. As vias laterais, chamadas de marginais, estarão liberadas. Já a parte inferior da trincheira, chamada de “mergulho”, será totalmente fechada.

Durante o período de obra, os agentes de trânsito estarão nos principais pontos das rotas alternativas para orientar os motoristas e tentar minimizar o impacto no trânsito com o fechamento da  trincheira.

O período estimado de fechamento da trincheira Jurumirim é de sete meses, para que seja corrigido um problema no sistema de drenagem de águas pluviais. A previsão é que, somente na parte inferior, deva ser retirado cerca de 1,5 metro de solo e substituído por outro de melhor qualidade.

Essa obra foi orçada em R$ 50,5 milhões e estava no pacote das grandes obras de mobilidade que seriam entregues em 2014 – antes dos jogos da Copa do Mundo – a Capital foi uma das subsedes.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuba quer permitir criação de pequenas e médias empresas privadas no país
Próximo artigoJustiça condena clínicas e empresárias por infecção generalizada em VG