Integrantes de facção criminosa são condenados por homicídio qualificado

Vítima foi morta a tiros por ter delatado autores de um roubo, realizado meses antes do assassinato

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Dois integrantes da facção criminosa denominada Comando Vermelho foram condenados  nesta terça-feira (6), em Cuiabá, a 16 anos de prisão (cada um) por homicídio qualificado praticado contra a vítima Jackson Rodrigues Uchoa.

Os réus Emellon Bruno Machado e Rennã Junior Domingos Silva não poderão recorrer da sentença em liberdade.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, o crime foi cometido no dia 6 de abril de 2018, por volta das 21h40, nas imediações do Posto Amarelinho, no bairro Castelo Branco.

No dia dos fatos, a vítima caminhava próximo ao estabelecimento comercial quando foi atingida nas costas por disparos de arma de fogo desferidos pelos réus, que estavam em uma moto.

Segundo apurado durante a investigação policial, o crime foi cometido por vingança, em decorrência da vítima ter delatado o réu Emellon Bruno Machado, vulgo “Bruno”, e demais comparsas por roubo praticado em dezembro de 2017.

Durante o julgamento, foram admitidas as qualificadoras motivo torpe e utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIdosa realiza sonho de assinar próprio nome na carteira de identidade após ser alfabetizada
Próximo artigoEnergisa dá 40% de desconto