Instituto Senai de Tecnologia terá avaliação do desempenho acústico das edificações

A avaliação acústica visa atender a ABNT NBR 15.575/2013, que determina níveis mínimos para desempenho acústico nas edificações

A menos de três meses da inauguração, o Instituto Senai de Tecnologia (IST MT) está em fase de capacitação da equipe técnica que prestará serviço para as indústrias mato-grossenses. Entre eles estão os procedimentos de medições acústicas em campo que, no Brasil, são responsáveis por um amplo histórico de reclamações de usuários referentes ao ruído percebido nas edificações residenciais, principalmente nas habitações multifamiliares.

Por meio de ensaios, considerando normas internacionais, que tem por objetivo caracterizar os sistemas construtivos, conforme a Norma de Desempenho (NBR 15575:2013), o treinamento foi realizado pela responsável técnica do IST de Construção Civil de Ponta Grossa, engenheira civil Eliane Jorge dos Santos. A avaliação acústica visa atender a ABNT NBR 15.575/2013, que determina níveis mínimos para desempenho acústico nas edificações.

“Com a formação, os técnicos do IST estão habilitados para montagem, desenvolvimento e análise de medições acústicas de sistemas de pisos, sistemas de vedações verticais internas e externas, sistemas de coberturas e sistemas hidrossanitários, em termos da avaliação de medições de níveis de pressão sonora, tempos de reverberação e ruído de fundo”, diz a engenheira.

Laboratórios

O IST de Mato Grosso contará com ampla estrutura laboratorial para atendimento das demandas de metrologia em Alimentos e Bebidas e Construção Civil, além de laboratórios de microbiologia, físico-química, normas de desempenho acústico, térmico e lumínico, dentre outros. O Instituto contará, ainda, com infraestrutura para serviços de consultoria em tecnologia e inovação para as áreas de madeira e mobiliário, energias renováveis, alimentos, eficiência energética, meio ambiente e engenharias em geral.

 

Com Assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMesmo depois da morte de bancária, Dr. Bumbum mandou orçamentos via WhatsApp
Próximo artigo“Estamos sendo perseguidos de forma injusta”, diz diretor da Antaq sobre interferências do TCU