Inspeção do Trabalho inicia fiscalização no Ninho do Urubu

Uma nova reunião da força-tarefa está agendada para esta sexta-feira

Um incêndio no centro de treinamento do Flamengo, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, deixou dez mortos.

Auditores fiscais do trabalho realizam ação fiscal no Centro de Treinamento (CT) do Clube de Regatas Flamengo, localizado em Vargem Grande e conhecido popularmente como Ninho do Urubu.

Segundo nota do Ministério da Economia, a operação, que começou terça-feira (12), é feita por equipe de auditores da Superintendência Regional do Trabalho no Rio de Janeiro que integram a força-tarefa composta por vários órgãos criada para apurar as causas do incêndio que atingiu o alojamento de atletas do clube na sexta-feira (8).

Além da análise do acidente laboral, os auditores estão verificando itens de saúde e segurança no trabalho, a forma de contratação de menores e o cumprimento de itens de legislação do trabalho, como registro, jornada de trabalho, salário e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

“A ação está em andamento, e possíveis interdições ou autuações serão informadas após a ciência do empregador”, diz o Ministério da Economia.

Uma nova reunião da força-tarefa está agendada para esta sexta-feira (15).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCarnaval 2019: rede de hotéis em MT tem opções para quem quer folia ou descanso
Próximo artigoDesembargadores definem membros de Órgão Especial para dividir competência do Pleno