Inscrições para o concurso da Segurança Pública iniciam nesta quarta

Inscrições variam entre R$ 120 e R$ 200 e podem ser feitas pelo site da UFMT; todos os cargos exigem Nível Superior

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

As inscrições para o concurso público da Segurança Pública, que contempla diferentes cargos em sete editais, iniciam nesta quarta-feira (12) e seguem até o dia 24 de janeiro. O valor das inscrições varia entre R$ 120 e R$ 200, devendo ser feita pelo site da Universidade Federal de Mato Grosso (realizadora do concurso), por meio do link www.ufmt.br/concursos.

Para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), as vagas ofertadas são para oficial e soldado. Para a Polícia Judiciária Civil, as vagas são para escrivão e investigador. Já para a Politec, as vagas são para perito oficial criminal, perito médico legista e perito odonto legista.

O concurso exige que o candidato tenha ensino superior completo, sendo que algumas vagas possuem exigência em algumas áreas específicas de formação, como é o caso do curso de Direito para oficiais da PM e do CBM e de Medicina e Odontologia para os cargos de perito médico legista e perito odonto legista. Os salários variam entre R$ 3.318,38 e R$ 13.982,41.

O concurso será para formação de cadastro de reserva, no entanto, o governador Mauro Mendes já anunciou que a previsão é de que 1.200 novos servidores sejam nomeados ainda em 2022. As provas serão realizadas no dia 20 de fevereiro em Cuiabá e em algumas cidades polos, como: Rondonópolis, Sinop e Barra do Garças.

Este concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

Mais informações podem ser conferidas nos editais, que foram publicados na edição extra do Diário Oficial de 5 de janeiro. Ou acesse clicando AQUI. Demais dúvidas podem ser encaminhadas para o email: [email protected]

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPandemia impulsiona busca por livros de autoconhecimento
Próximo artigoNova secretária de Saúde