Incidência de câncer de intestino em mulheres aumenta cerca de 12%

Especialista afirma que sintomas que parecem simples também merecem atenção

(Foto: Freepik)

O câncer de intestino é terceiro tipo mais frequente entre homens e mulheres, ficando atrás apenas dos de mama e próstata. E o Instituto Nacional do Câncer (Inca) prevê para os próximos três anos um aumento na taxa de incidência no número casos de câncer de cólon e reto em 10,19% em homens e 12,64% em mulheres.

Médica coloproctologista e professora do curso de Medicina da Universidade de Cuiabá (UNIC), Naw-Ally D’Almeida explica que além de prevenir, é possível detectar a doença ainda em estágio inicial. Isso porque hábitos não saudáveis contribuem para o aumento da incidência.

“Todo câncer ocorre por mutações genéticas, porém, em mais de 70% dos casos de câncer de intestino essas mutações são adquiridas a partir de hábitos pouco saudáveis como o tabagismo, dieta rica em gordura animal e pobre em fibras”, afirma a especialista.

A médica diz que a população deve ficar atenta aos sinais do corpo, com o intuito de realizar a investigação adequada, conforme orientação médica.

“Sangue nas fezes não é normal e é sempre importante procurar um médico para verificar a situação”, orienta.

A especialista diz que sintomas que parecem simples também merecem atenção como alterações intestinais (alternância entre diarreia e prisão de ventre), dores ou desconforto abdominal, perda de peso sem causa aparente, fraqueza ou anemia até a alteração no formato das fezes.

“Pequenas atitudes de autocuidado fazem com que a doença seja identificada ainda no início, aumentando as chances de cura”, pontua.

Segundo a professora, a prevenção é a peça fundamental. Para isso, ela dá algumas dicas de hábitos saudáveis que devem ser adotados no dia a dia.

  • Evite bebidas alcóolicas;
  • Tenha uma alimentação rica em vegetais;
  • Diminua o consumo de carnes vermelhas;
  • Busque por um peso corporal saudável;
  • Mantenha uma via ativa, executando atividades físicas;
  • Evite carnes processadas.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorToque de recolhe começa às 2h
Próximo artigoProfessora é suspensa por criticar Bolsonaro em sala de aula