Incesto: mãe desconfia que filha está se relacionando com o pai e vai à polícia

Segundo a mãe, a outra filha já teve um caso com o pai

Imagem ilustrativa

Uma mãe procurou a polícia nessa quarta-feira (15) afirmando que sua filha de 12 anos pode estar mantendo um relacionamento amoroso com o pai.

Como os pais são separados, a menina mora com a mãe em um bairro e o pai em outro, mas ambos em Cuiabá.

À polícia, a mãe disse que ficou sabendo por terceiros que sua filha pode estar “ficando” com o próprio pai.

Segundo a mãe, a outra filha dela também teve um caso com o pai, o que a fez ficar ainda mais desconfiada.

Com isso, ela resolveu registrar um boletim de ocorrência.

Apesar de o incesto (sexo entre pais e filhos) não ser considerado crime na lei brasileira se os envolvidos forem maiores de idade, nesse caso a menina tem 12 anos, então o caso foi registrado como estupro de vulnerável.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

3 COMENTÁRIOS

  1. É estupro. Não apenas incesto. Não um relacionamento. A menina não tinha um relacionamento com o pai. O pai abusava dela. Estupro de vulnerável o nome do crime. Parem de romantizar abuso!

    • Ridículo tratarem como relacionamento. Estupro. O pai estuprando a própria filha. Nada de mãe que desconfia de que a filha esteja se relacionando com o pai. Até quando vão fazer isso?

  2. A pior doença de um povo é a ignorância que leva a imbecilidade.
    Esta mãe imbecil poderia ter evitado o sofrimento da filha mais nova se já tivesse enjaulado o lixo que escolheu para pai de suas filhas, qdo este verme cometeu o crime com a filha mais velha.
    De que tipo de mente doente e idiotizada sai um absurdo destes???
    “filha pode estar “ficando” com o próprio pai”
    “sua filha de 12 anos pode estar mantendo um relacionamento amoroso com o pai”…

    Gente assim deveria ser esterilizada antes de engravidar…
    Tipo em um mundo utópico com uma lei onde o casal só engravida se aprovados em entrevistas e provas atingindo resultados excelentes. Tipo gabaritar!
    Afinal são vidas a serem criadas e desenvolvidas com o melhor de cada um dos pais. E este melhor tem que ser suficiente para impedir que os pais sejam a causa de minhocas e nóias na cabeça de quem chega ao mundo (0-7 anos).
    Não se cobra nada de quem traz um ser ao mundo! Creio eu que uma vida é mais importante que um vestibular de medicina em Federal ou qualquer concurso publico. Entendeu o paralelo?
    Hoje em dia para adotar um pet qualquer, exige-se uma cuidadosa entrevista, vistoria do local de residencia, condições financeiras e equilíbrio emocional dos “pais”, além claro da capacidade de dar amor e cuidados.
    Mas para trazer um ser humano ao mundo não exigi-se o mínimo…
    Só eu que enxergo o absurdo?!?!
    Pessoas incapazes de enxergar a cria, tratando filhos pior do que tratam o cão amarrado no quintal de chão batido. Mas também ocorre em lares com pisos de mármore de carrara.
    Por que não são impedidos de trazer mais gente para sofrer neste mundo?
    Porque infelizmente o ditado italiano é certíssimo:
    “as mães dos imbecis estão sempre grávidas”,
    Cada vez que me recordo dele, vejo diferentes insights e hoje vejo como é infinita a produção de imbecis, pq se multiplicam como ratos através de gerações de pais imbecis, ignorantes, sem o menor preparo para conseguir adotar um pet.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorArmas e proteção: veja os principais projetos de lei sobre segurança em trâmite na ALMT
Próximo artigoCaixa alerta: trabalhador não precisa ir a agências e lotéricas para receber benefício

O LIVRE ADS