Imea aponta crescimento na área do plantio da safra 18/19 de soja

Estimativa é de 32,50 milhões de toneladas do grão, redução de 0,52% se comparada com a safra passada

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A quarta estimativa da safra de soja 18/19 mato-grossense aponta incremento de 0,48% na área cultivada. São 46.267 hectares a mais no ciclo se comparado com o último levantamento, totalizando 9,66 milhões de hectares. Este reajuste da área foi consolidado por meio de sensoriamento remoto, segundo o relatório do Instituto Mato-grossense da Economia Agropecuária (Imea).

Se comparado com a área da safra 17/18 o aumento da área cultivada foi de 1,68% ou 159,23 mil hectares.

Já a produtividade média nesta safra caiu 2,16% em relação à safra 2017/18. Este reajuste foi pautado, principalmente, nos rendimentos observados nas variedades de soja de ciclo médio e tardio, que acabaram compensando parte das perdas ocorridas nas variedades de ciclo mais precoce, impactadas pela diminuição das chuvas em dezembro do ano passado.

As regiões de Mato Grosso que mais se destacaram foram a norte e nordeste, únicas a apresentarem um rendimento acima do observado no ano passado, ficando respectivamente com 58,44 sacas por hectare e 55,79 sacas por hectare, e com isso registraram o 3º ano seguido de crescimento nos rendimentos das lavouras.

Desta forma, com as alterações nos dados de área e produtividade, a produção de soja mato-grossense para a safra 2018/19 ficou estimada em 32,50 milhões de toneladas, redução de 0,52% ou 169 mil toneladas em comparação com a safra passada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMax Campos propõe Max Russi
Próximo artigoCNA promove jantar para Bolsonaro e representantes de países islâmicos

O LIVRE ADS