Imea alerta produtores de carne para planejamento e sustentabilidade

Mais de 37% da capacidade da indústria de bovinocultura está ociosa em MT

Foto: Assessoria

O boletim semanal do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária divulgado hoje (03), alerta os produtores de carnes do Estado para a importância de atingir a sustentabilidade a longo prazo. De acordo com o relatório, os pecuaristas devem planejar suas atividades dentro da realidade dos indicadores para não “dar passo maior que a perna”.

A ausência desse planejamento fez com que 62,41% da capacidade das indústrias frigoríficas ficassem sem utilização no mês julho, período de maior número de abates no ano.

Apesar de julho ter sido o mês mais produtivo da história dos frigoríficos quanto ao uso das estruturas e também com o maior número de abates dos últimos 54 meses, ainda assim a ociosidade das indústrias frigoríficas ficaram acima dos 37%. Esse resultado é fruto de um “passo maior que a perna” dado pelas empresas do setor, aponta o boletim. Com esse resultado, o relatório conclui que diante desses números “um bom planejamento pode ser a chave na busca por resultados sólidos”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTaques promete não renovar o Fethab: “Quero acabar com a conversa sobre desvios”
Próximo artigoRock e blues: Power Rock Trio se apresenta em Chapada e Sorriso no feriadão