Idoso é preso por fugir de abrigo, beber e assediar funcionárias com frequência

Ele voltava alcoolizado e causava transtornos a colegas de abrigo e funcionárias

Reprodução/Pixabay

Um morador de um lar dos idosos de Poxoréu (260 km de Cuiabá) foi preso nessa terça-feira (10) acusado de assédio sexual, depois de fugir inúmeras vezes do lar, beber e voltar fora de si, maltratando as funcionárias e assediando várias delas.

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por volta das 10h30 com a informação de que um idoso muito alterado estava irritando funcionárias do abrigo dos idosos que ele mora.

Uma equipe da PM foi até o local e foi recebida por uma funcionária do abrigo, que disse que o idoso já fugiu da casa de acolhimento várias vezes, se embriagou pelas ruas e, ao retornar, bastante alterado, tratou tanto aos colegas quanto aos colaboradores do abrigo com rispidez e agressividade.

Uma funcionária, então, contou que em uma das bebedeiras do idoso, ele retornou e a chamou de forma pejorativa e ofereceu R$ 200 para que ela mantivesse uma relação sexual com ele.

A funcionária que havia recebido a polícia inicialmente disse que atitudes como essa são comuns do idoso e que nessa terça-feira (10), quando ele voltou alcoolizado, não foi diferente.

O idoso foi encaminhado para a delegacia e o caso foi registrado como “assédio sexual”.