Idoso de 72 anos mata vizinho a tiros por causa de briga sobre lixo

Ele ainda tentou matar o filho do vizinho, mas o tiro pegou de raspão

Foto Ilustrativa

Um idoso de 72 anos, identificado como Valdemar Ventura Lima, foi preso nessa terça-feira (14) após matar o vizinho, Roberto Aparecido Mohylski, 49 anos, e tentar matar o filho dele, de 22 anos. O caso aconteceu no Bairro Jardim das Palmeiras, em Sinop (500 km de Cuiabá).

A Polícia Militar foi acionada logo após o crime, por volta das 18h20, e quando chegou ao local encontrou o jovem de 22 anos, filho da vítima, que disse que o vizinho havia matado seu pai e ele havia chamado os bombeiros para socorrê-lo.

O suspeito foi encontrado caído em frente à casa, todo ensanguentado, e o jovem disse que ele mesmo o havia agredido após ele ter atirado em seu pai.

O jovem contou que a confusão com o vizinho começou durante a tarde, quando o idoso começou a jogar lixo em frente à casa dos vizinhos, que devolveram duas vezes no portão da casa do suspeito.

Na terceira, os vizinhos colocaram em uma lixeira próxima. Mas depois disso, por volta das 18h20, o idoso foi até a casa dos vizinhos com uma arma calibre 38 dentro de um pacote de presente, chamou os vizinhos no portão e, quando as vítimas saíram, disse:

“Fazendeiro, ladrão e se esconde naquela casa ali”. Em seguida, atirou contra o vizinho mais velho, acertando o braço dele. O disparo transfixou e acertou o tórax dele.

Roberto caiu e, mesmo assim, o suspeito deu mais dois tiros nele, que morreu. Ele também atirou no filho da vítima e acertou a cabeça dele de raspão. Nesse momento, o filho correu em direção ao idoso e o agrediu com socos até cessar os tiros.

Os policiais recolheram a arma, que o jovem havia retirado da mão do suspeito e jogado no quintal.

A vítima jovem e o suspeito foram encaminhados para o Hospital Regional de Sinop, onde passaram por atendimento médico. O suspeito ficou sob observação médica durante a noite. A vítima foi liberada após exames preliminares.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApaixonada por salada desde adolescente, advogada abre empresa de comida saudável
Próximo artigoShopping Estação traz programação musical e oficinas infantis neste fim de ano