Hospital Geral suspende atendimentos por falta de pagamentos da prefeitura

Hospital de Câncer de Mato Grosso também suspendeu atendimentos a novos pacientes a partir desta quarta-feira

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá suspendeu, a partir desta quarta-feira (16), os atendimentos ambulatoriais e hospitalares eletivos.

O motivo, segundo nota enviada pela assessoria do hospital, é os constantes atrasos nos repasses dos recursos de produção hospitalar pela Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Cuiabá.

A suspensão deverá ser mantida até que a prefeitura regularize as pendências financeiras com o hospital.

“Essa medida se torna absolutamente necessária, ao passo que a falta desses recursos impedem o Hospital Geral de adquirir insumos básicos e medicamentos para a manutenção das atividades com segurança e eficiência”, diz trecho na nota.

O HG Cuiabá fez questão de divulgar os valores que estão pendentes, “em nome da transparência com o cidadão beneficiário dos serviços do hospital”.

“O valor devido soma o montante de R$ 4.329.702,04 (quatro milhões, trezentos e vinte e nove mil, setecentos e dois reais e quatro centavos), distribuídos da seguinte forma:

▶️ R$ 1.714.280, 84, de valores contratuais pré-fixados;
▶️ R$ 1.123.228,43 do SIH Alta Complexidade;
▶️ R$ 314.636,23 do SIA Alta Complexidade;
▶️ R$ 1.058.021,72 da Rede de Urgência e Emergência;
▶️ R$ 119.534,82 do Incentivo da Rede Cegonha;

Esses valores são advindos diretamente do Ministério da Saúde e deveriam ser repassados ao Hospital Geral via Prefeitura / Secretaria de Saúde em até 5 dias do recebimento. É verba federal, já paga à Prefeitura, pela produção do Hospital e habilitações”.

Ainda na nota, o hospital informou que a dívida é da gestão passada da Secretaria Municipal de Saúde e que a nova gestão tem mantido um bom relacionamento com os hospitais filantrópicos.

“Esperamos que a prefeitura seja sensível ao apelo do Hospital Geral de Cuiabá e regularize imediatamente os repasses para que possamos retomar os atendimentos à população que tanto necessita”, diz trecho final da nota.

Hospital de Câncer

Nesta terça-feira (15), o Hospital de Câncer (HCan) também anunciou que iria suspender os atendimentos a novos pacientes a partir desta quarta-feira (16). Segundo a unidade, o motivo também é a falta de insumos e recursos para quitar dívidas.

Conforme os dirigentes do hospital, a Prefeitura de Cuiabá deve R$ 6,3 milhões à unidade de saúde.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMaior ídolo brasileiro, trajetória de Ayrton Senna é inspiração para novos pilotos
Próximo artigoMotorista atropela ciclista de 62 anos e foge sem prestar socorro