Homeschooling no Brasil

Câmara dos Deputados discute a legalização da educação domiciliar

(Foto: Freepik)

A Câmara dos Deputados realizará uma audiência pública hoje (09) para discutir a educação domiciliar, ou homeschooling – termo em inglês usado para o método – na primeira infância.

No Brasil, esse modelo de ensino, ministrado em casa por pais ou professores particulares e sem a tutela da escola, não é permitido. O governo federal, no entanto, anunciou a intenção de legalizar a prática ainda neste ano.

Vale lembrar que dados da Associação Nacional de Educação Domiciliar, apontam que 7,5 mil famílias adotaram a homeschooling no Brasil, o que abrange 15 mil estudantes de 4 a 17 anos.

Projeto em tramitação

O Projeto de Lei 3179/12, do deputado Lincoln Portela (PL-MG), está em tramitação e o texto possibilita que a educação básica seja oferecida em casa sob responsabilidade dos pais ou tutores legais.

Conforme a proposta, o poder público deverá fazer a supervisão e a avaliação periódica da aprendizagem. Na visão de Portela, é preciso respeitar o direito de famílias que optam por educar os filhos longe da escola.

Críticos do homescholling, por sua vez, apontam preocupação com a qualidade do aprendizado e a falta de visões de mundo diferentes que o convívio escolar pode proporcionar.

A reunião será realizada no plenário 5, às 10 horas.

LEIAM TAMBÉM:

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno deve arrecadar R$ 600 milhões com privatização de portos
Próximo artigoAção com apoio do Gefron-MT apreende aeronave com 579 kg de drogas