Homens passam de moto, flagram assalto e atiram em bandidos

Comparsa abandonou veículo e fugiu depois que o colega levou o tiro

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um caso inusitado foi registrado na noite de sexta-feira (26), no município de Diamantino (180 km de Cuiabá), quando um rapaz de 18 anos acabou alvejado no pescoço por suspeitos em uma motocicleta, no momento em que ele e um comparsa roubavam um cidadão.

Depois do tiro, tanto o comparsa quanto os autores dos disparos fugiram. O homem foi levado para o Hospital Municipal.

Conforme o boletim de ocorrência, um homem de 35 anos estava em uma barraca de cachorro-quente quando o suspeito Mikelvis Viana Feitosa, de 18 anos, e um comparsa chegaram. Eles estavam em uma motocicleta preta, usavam jaquetas e capacete, e anunciaram o assalto.

Mikelvis contou que já tinha pegado dois celulares e R$ 44 quando ele e o outro criminoso foram surpreendidos por uma dupla que passou em uma motocicleta. Segundo ele, o garupa da a moto, ao perceber que eles praticavam o roubo, sacou uma arma e atirou na direção dos dois.

O suspeito Mikelvis acabou atingido por um tiro no pescoço e caiu da moto. O comparsa ainda tentou fugir com a motocicleta, mas a abandonou logo em seguida, continuando a fuga a pé. Os outros suspeitos, que não foram identificados pelo ladrão, também fugiram logo após os disparos.

Quando a polícia chegou, encontrou Mikelvis no chão. Uma equipe de socorristas foi chamada.

O irmão dele, um menino de 14 anos, foi até o local para socorrer o irmão, mas acabou detido pela polícia, porque carregava uma faca na cintura.

Mikelvis foi levado para o Pronto Atendimento, onde recebeu cuidados médicos e foi colocado à disposição da Justiça.

As vítimas do roubo nada sofreram.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPonte de madeira cede durante travessia de carreta – veja fotos
Próximo artigoCarreata pró-Bolsonaro interdita principal avenida de Cuiabá por mais de 30 minutos