Homem tenta matar outro e depois se entrega à polícia para não ser morto por facção

Esse é o segundo caso, em uma semana, que suspeitos procuram a polícia e se entregam para escapar de morte por facção

(Foto: Freepik)

Um homem de 35 anos acionou a Polícia Militar nessa quinta-feira (3) para confessar ter tentado matar outro há poucos dias. O motivo da confissão é que agora uma facção criminosa o quer matar e ele precisa de proteção.

Crime

A tentativa de homicídio que ele confessou ter cometido aconteceu no dia 30 de novembro.

Durante uma discussão, ele deu duas facadas em um homem de 36 anos com quem dividia uma casa, no Bairro Doutor Fábio Leite, em Cuiabá.

A vítima foi socorrida por um sobrinho, levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Bairro Planalto e ficou internada.

Prisão

Desde então, ele estava foragido. Porém, no fim da noite dessa quinta-feira (3), já por volta das 23 horas, a Polícia Militar recebeu uma denúncia de seu paradeiro.

A equipe foi até o local e encontrou o suspeito, que prontamente se apresentou, confessou a tentativa de homicídio e disse que, por ter cometido o crime, uma facção criminosa estava à sua procura para matá-lo.

Ele disse, ainda, que foi por isso que acionou a polícia, para ser preso e resguardar sua vida. Com a confissão, ele foi detido e encaminhado para a delegacia.

Outro caso

Curiosamente, no dia 30 de novembro aconteceu um caso semelhante também em Cuiabá.

Um homem procurou a Polícia Militar e se entregou dizendo ter cometido um estupro contra uma mulher de 28 anos e que, agora, a facção criminosa Comando Vermelho estava tentando matá-lo.

O suspeito pediu por socorro à polícia, disse que seis homens o estavam perseguindo e também entregou o nome do comparsa que cometeu o crime com ele.

Assim como no caso dessa quinta-feira (3), ele foi preso pelo crime confessado e encaminhado para a delegacia.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTrabalhador morre após ser atacado por boi em fazenda
Próximo artigoCriança sai correndo pelada na rua para fugir de abuso do tio