Homem sequestra filho, capota carro em perseguição e acaba preso

Suspeito ainda foi acusado de agredir e tentar matar a ex-esposa e o próprio filho

Foto: Assessoria PM

Um homem cuja identidade não foi revelada foi preso em Peixoto de Azevedo (675 Km de Cuiabá), na tarde de domingo (7), após capotar o carro durante uma perseguição policial. Ele é acusado de tentativa de sequestro e homicídio contra o próprio filho e sua ex-esposa.

“Recebemos uma denúncia de que o suspeito estaria agredindo a esposa, além de estar ameaçando e mantendo os dois em carcere privado: a mulher e seu próprio filho. Fomos até o local indicado, quando o acusado avistou a guarnição, ele fugiu pela BR-163 em alta velocidade, chegando ultrapassar os 150 km por hora”, explicou o sargento que atendeu a ocorrência.

O homem capotou o carro após passar por um quebra-molas. Ele perdeu o controle do veículo e colidiu com uma placa de sinalização. Após o acidente, o homem ainda conseguiu sair pela janela do automóvel e entrar em uma região de mata. Forças policiais realizaram as buscas e localizaram o acusado horas depois.

Segundo relatos da ex-esposa, ela foi agredida com tapas, socos e forçada a ingerir bebida alcoólica. Ela ainda contou que é constantemente ameaçada de morte e obrigada a manter relações sexuais com o suspeito.

Na residência do homem, os policiais localizaram uma espingarda calibre 12 e diversas munições. Segundo a polícia, o acusado já possui passagens por outros crimes e já teria cumprido pena por trocar tiros com uma guarnição da Polícia Militar.

“Ele já é conhecido da polícia e vai responder por posse irregular de arma de fogo, sequestro, ameaça, lesão corporal, desobediência e por conduzir veículo sob influência de álcool”, concluiu o sargento.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior55 coisas que todo mundo precisa fazer para sentir como é bom viver em Cuiabá
Próximo artigoDesafio LIVRE: A Páscoa e os ovos de chocolate estão chegando. E agora?