Homem que estuprou e matou adolescente no Natal é preso cinco anos após o crime

A vítima foi encontrada com a orelha mordida e com sinais de espancamento na cabeça

(Ilustrativa/Ednilson Aguiar/O Livre)

Um homem de 33 anos, acusado de estuprar e matar uma adolescente de 16 na madrugada do Natal de 2014, em Campinápolis (720 km de Cuiabá), foi encontrado e preso pela Polícia Civil nessa quinta-feira (7), quase cinco anos após o crime.

Segundo a Polícia, no dia do crime, a menina havia saído de casa até a rua para conseguir usar o sinal de internet. Não retornou.

A família começou a procurá-la e o próprio pai a encontrou morta atrás de uma igreja. Ela foi encontrada apenas com roupas íntimas, com a orelha machucada por mordidas e com sinais de espancamento na cabeça.

O crime chocou os moradores da cidade e, durante as investigações realizadas pela Delegacia de Campinápolis (com apoio dos núcleos de inteligência de Água Boa e Confresa), o suspeito foi identificado. A Justiça decretou a prisão dele, mas isso não se concretizou.

O homem só foi encontrado quase cinco anos após o crime, nas proximidades da divisa dos estados de Mato Grosso e do Pará.

Ele foi preso em Santana do Araguaia (PA), pela Polícia Civil do Pará, e encaminhado para a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa (740 km de Cuiabá).

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPedágio no centro de Cuiabá recolhe doações para salvar vida da bebê Antonella
Próximo artigoJoga xadrez ou quer aprender? Praça Alencastro é ponto de encontro aos sábados

O LIVRE ADS