Homem que estuprou e matou adolescente no Natal é preso cinco anos após o crime

A vítima foi encontrada com a orelha mordida e com sinais de espancamento na cabeça

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Um homem de 33 anos, acusado de estuprar e matar uma adolescente de 16 na madrugada do Natal de 2014, em Campinápolis (720 km de Cuiabá), foi encontrado e preso pela Polícia Civil nessa quinta-feira (7), quase cinco anos após o crime.

Segundo a Polícia, no dia do crime, a menina havia saído de casa até a rua para conseguir usar o sinal de internet. Não retornou.

A família começou a procurá-la e o próprio pai a encontrou morta atrás de uma igreja. Ela foi encontrada apenas com roupas íntimas, com a orelha machucada por mordidas e com sinais de espancamento na cabeça.

O crime chocou os moradores da cidade e, durante as investigações realizadas pela Delegacia de Campinápolis (com apoio dos núcleos de inteligência de Água Boa e Confresa), o suspeito foi identificado. A Justiça decretou a prisão dele, mas isso não se concretizou.

O homem só foi encontrado quase cinco anos após o crime, nas proximidades da divisa dos estados de Mato Grosso e do Pará.

Ele foi preso em Santana do Araguaia (PA), pela Polícia Civil do Pará, e encaminhado para a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa (740 km de Cuiabá).

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS