Homem ‘protesta’ após ser expulso de rodízio por comer demais

Uma história memorável

Ser expulso de um rodízio por comer demais realmente deve ser algo bastante constrangedor e um tanto incomum. Porém foi o que aconteceu com o pintor João Carlos em São Paulo ao experimentar a culinária de um restaurante italiano.

Pedindo o rodízio de R$ 19,90, o homem comeu quinze pratos até que um dos garçons pedisse para que ele parasse de comer, que fosse embora e que a conta seria por paga pela casa.

João Carlos postou os vídeos da situação nesta quinta-feira (15), destacando os pratos vazios empilhados sobre a mesa do restaurante, “protestando” por seus direitos como consumidor. “Isso não se faz, só porque eu comi 14 pratos, com esse 15?”, questionou, rindo bastante.

Confira:

Sua reclamação viralizou e surtiu efeito. A rede de restaurantes Ragazzo o convidou novamente para voltar ao estabelecimento e comer, de fato, o quanto aguentasse.

João retornou e comeu, feliz, 35 pratos de massas diferentes. Confira no vídeo:

Depois da polêmica, a assessoria de imprensa do Ragazzo emitiu um comunicado afirmando que se tratava de uma jogada de marketing pessoal para as redes sociais do cliente e que João é um dos clientes mais assíduos dos restaurantes.

Que todos os clientes tem o direito de comer o máximo que conseguirem conforme consta no regulamento.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMunicípios fronteiriços de MT receberão vacinas contra a covid
Próximo artigoJohn Wick 4 terá retorno de Ian McShane