Homem pede água em casa e tenta estuprar jovem que o atende

Ele foi preso pela Polícia Militar no mesmo dia do crime

jovem
Imagem ilustrativa

Um homem de 19 anos foi preso nessa terça-feira (23) após roubar e tentar estuprar uma jovem dentro da casa dela. O crime ocorreu no Bairro Aurília Salies Curvo, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Segundo relato da vítima, por volta das 14 horas, ela estava com seu irmão, de 11 anos, em casa, quando o suspeito bateu palmas no portão e pediu um copo de água.

Ela serviu a água e ao retornar para dentro da casa foi surpreendida pelo suspeito. Com  uma faca na mão, ele rendeu a jovem e o irmão e levou os dois para um dos quartos da residência.

Em seguida, ele quis levar a jovem para outro quarto para ficarem sozinhos, mas ela e o irmão reagiram e ele não conseguiu.

Neste momento, o padrasto das vítimas, de 43 anos, chegou à casa e foi recepcionado pelo suspeito, que se apresentou como piscineiro e disse que apenas o menino de 11 anos estava na casa.

O padrasto desconfiou da situação e começou a questionar o suspeito, que saiu correndo, pegou uma bicicleta e fugiu. Ele levou algumas semijoias e dinheiro.

Depois da fuga, a jovem e o irmão adolescente foram encontrados pelo padrasto trancados dentro de um dos quartos da casa.

Prisão

Mais tarde, por volta das 21h10, o padrasto das vítimas encontrou a bicicleta utilizada pelo suspeito para fugir no Bairro Santa Bárbara, em Várzea Grande. Ele acionou a Polícia Militar e uma equipe foi até o local.

Moradores indicaram o local que o suspeito morava e ele foi localizado dentro de seu quarto. O uniforme que ele usava no momento do crime também foi encontrado.

Questionado sobre os pertences das vítimas que ele roubou, o suspeito disse que tinha jogado fora no momento na fuga.

O caso foi registrado como roubo, violação de domicílio e tentativa de estupro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMato Grosso recebe hoje 21 mil doses da vacina AstraZeneca
Próximo artigoBolsonaro terá que explicar ao STF decreto sobre armas de fogo