Homem mata a ex-mulher a facadas na frente dos filhos dela

Ela tinha vários boletins registrados contra ele e possuía medidas protetivas, mas nada o impediu

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem de 23 anos, identificado como Edenilson de Souza da Silva, foi preso no início da madrugada desta quarta-feira (5) após confessar ter matado a ex-mulher, Liliane Barbosa da Silva, 27 anos, a facadas na casa dela, no Bairro Teles Pires, em Colíder (630 km de Cuiabá).

A Polícia Militar foi acionada com a informação de que uma mulher havia sido esfaqueada por um homem dentro de sua própria casa. O solicitante, porém, não soube informar o estado de saúde da vítima.

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram Liliane caída no chão do quarto da casa, ensanguentada e aparentemente sem vida.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, prestou os primeiros-socorros e constatou que a vítima estava morta.

A Polícia Civil foi acionada, assim como a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). O Conselho Tutelar também precisou ser chamado, pois Liliane era mãe de duas crianças, que estavam na casa no momento do crime e ficaram sozinhas.

Liliane tinha diversas marcas de facadas no corpo.

Prisão

A Polícia Civil recebeu uma ligação no telefone fixo da delegacia de um homem que se identificou como pai do suspeito do crime e disse que seu filho havia chegado em sua casa ensanguentado e dito que “havia feito uma cagada e desta vez tinha acabado com a vida de Liliane, sua ex-convivente”.

Diante do relato do filho, o pai resolveu acionar a polícia. Uma equipe da PJC foi até o sítio do pai do suspeito e encontrou Edenilson no pasto nos fundos da propriedade.

Ele estava em um cocho de sal, deitado em uma rede e disse que iria se entregar quando clareasse o dia. Os policiais aguardaram, mas ele resistiu à prisão. Por fim, no entanto, foi detido e levado para a delegacia.

Boletins anteriores

Liliane tinha três boletins registrados contra o ex-marido e ainda possuía medidas protetivas contra ele.

Em setembro de 2021 ele foi acusado de danificar a casa dela e agredir um amigo dela que estava na residência.

Já no dia 10 de dezembro, ele a forçou a ir com ele à casa dele, onde a agrediu, a manteve em cárcere privado e ameaçou de morte caso não reatasse o relacionamento com ele.

No dia 20 de dezembro ele chegou a ser preso por descumprir a medida protetiva que ela tinha contra ele e ir até a casa dela.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNinhada com ovos de dinossauro é descoberta no interior paulista
Próximo artigoIdoso de 86 anos é denunciado por filhas por estuprar diariamente esposa acamada