Homem ateia fogo no “Bar das Coleguinhas” e quase mata jovens

A intenção era queimar também outras duas residências do terreno, porém uma das vítimas abriu a porta e o suspeito fugiu

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma casa no mesmo terreno do “Bar das Coleguinhas”, situado na zona rural de Juara (696 km de Cuiabá), foi incendiada nessa segunda-feira (14). Duas jovens, de 24 e 22 anos, foram atingidas pelas chamas e sofreram queimaduras.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência e encontrou as duas vítimas com queimaduras de 2º grau nas pernas e uma delas também nos braços e no rosto.

Conforme o boletim de ocorrência, elas relataram que estavam deitadas na casa ao lado do bar, quando sentiram um cheiro muito forte de gasolina. Uma delas abriu a porta e viu um homem ateando fogo, que se espalhou rapidamente pela área da casa.

A vítima não conseguiu reconhecer o criminoso, mas viu que ele estava de camiseta branca e saiu correndo segurando um tambor em uma das mãos. Ele fugiu em uma motocicleta.

Outras pessoas que também estavam deitadas no local conseguiram fugir pela janela e apagaram o incêndio.

A chácara onde fica o bar tem três casas e em todas elas os policiais conseguiram perceber que havia gasolina esparramada pelo chão, os militares relataram que o cheiro estava muito forte.

Eles acreditam que o criminoso só não colocou fogo em tudo, conforme parece ter planejado, porque uma das moradoras o surpreendeu e ele precisou fugir às pressas.

As vítimas lembraram quais tinham sido os dois últimos clientes do bar horas antes do crime e um deles usava camiseta branca, short e chinelo (o que coincidiu com as pegadas encontradas pela Polícia Militar ao lado do lugar em que fugiu, de motocicleta, o suposto incendiário).

Até o momento ninguém foi preso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIEL-MT ofertará vagas de estágio no I Ecomep
Próximo artigoGrupo encapuzado invade gleba e mantém família refém