Homem é preso por fazer gestos obscenos com manequins de loja e assediar funcionária

Suspeito estava excitado e encostou na funcionária, de 23 anos, por trás

Ilustração

Um homem de 37 anos foi preso pela Polícia Militar nessa quarta-feira (2), no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), após fazer gestos obscenos com manequins e assediar sexualmente a funcionária de uma loja.

De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito estava excitado e se encostou na funcionária, de 23 anos, por trás. Ele, porém, não estava com o órgão sexual exposto.

A vítima ainda disse que o homem a olhava e apalpava o próprio órgão sexual. Ainda segundo informações que constam no registro policial, o suspeito ficava encarando a jovem, fazendo gestos com a boca, como quem quisesse “atrai-la”.

O homem foi detido depois de deixar a loja, por pessoas que testemunharam o assédio. Ele não sofreu nenhuma agressão física por parte dos populares, que acionaram a Polícia Militar. O suspeito foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes de Várzea Grande.

No boletim de ocorrência não consta o nome da loja nem o segmento da mesma. O nome da vítima foi preservado pela reportagem.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.