Homem é esfaqueado pela esposa e se recusa a denunciá-la

Ela não disse sequer o nome da esposa à polícia

Imagem ilustrativa / Pixabay

Um homem de 44 anos foi esfaqueado no Terminal Rodoviário de Colíder (630 km de Cuiabá) nessa quarta-feira (13) e, mesmo ferido, recusou-se a denunciar a pessoa que deu o golpe, que, segundo o próprio, é sua esposa.

A Polícia Militar foi acionada por testemunhas, que viram o crime acontecer. Elas relataram que a mulher que esfaqueou a vítima estava com um vestido jeans, uma mochila preta nas costas e usava tornozeleira eletrônica.

Ela deu uma facada no tórax da vítima e, em seguida, deixou a faca no pé de uma árvore próxima ao local. Após o crime ela fugiu.

Os policiais encontraram a faca e fizeram rondas em busca da suspeita, mas ela não foi localizada. A equipe foi até o hospital conversar com a vítima, que recusou-se a dar detalhes sobre o crime.

A princípio, o homem não queria dizer nem mesmo quem era a suspeita. Somente após muita insistência ele disse que ela era sua esposa, mas, ainda assim, não disse o nome da suspeita e se negou a denunciá-la.

O homem ferido ficou no Pronto-Atendimento do Hospital Regional sob cuidados médicos. O caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFalta sancionar: AL aprova entrega de medicamentos com canabidiol pelo SUS
Próximo artigoMotoristas profissionais: app vai permitir a inclusão de ‘atividade remunerada’ na CNH