Homem dá caldo de cana “batizado” a prima da esposa e a estupra

A vítima acordou sem a parte de baixo da roupa, com o suspeito entre suas pernas, mandando ela não fazer barulho

Uma jovem de 25 anos, moradora de Porto Esperidião (320 km de Cuiabá), foi estuprada na madrugada desse sábado (4) pelo marido da prima depois de ser dopada por ele.

Segundo a vítima, por volta das 16h30 da sexta-feira (3) o suspeito lhe ofereceu uma garrafa de caldo de cana e ela aceitou e bebeu um pouco.

Ela percebeu que a bebida estava com um gosto muito forte e rapidamente começou a não se sentir bem, como se estivesse bêbada.

Por volta das 20 horas, ela fechou as portas de sua casa e foi dormir, na companhia do filho.

À 1 hora, porém, sentiu que alguém estava entre suas pernas fazendo sexo oral e pensou ser seu marido. Mas, ao olhar, viu que era o esposo da prima.

Quando percebeu que foi reconhecido, o suspeito disse para a vítima ficar quieta, senão o filho dela, que estava na casa, iria acordar.

Ela reagiu o empurrando e mandando ir embora, o que ele obedeceu. O acusado fugiu e não foi mais visto.

A vítima procurou a polícia, registrou um boletim de ocorrência e entregou a garrafa de caldo de cana que havia sido dada a ela pelo marido da prima, para passar por perícia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem é preso por abusar de neta da esposa e agredir enteada
Próximo artigoBolsonaro: decisão sobre taxação de energia solar cabe à Aneel