Homem Aranha e Homem de Ferro cortam cabelo em barbearia no CPA

Barbearia funciona dentro de um ônibus adaptado, com espaço para brincar

Com um time desses, bicho! (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre

Parece que mais um universo alternativo da Marvel acaba de surgir na entrada do CPA I. Bem que poderia ter saído das HQs. Lá, o Homem de Ferro e o Homem Aranha são barbeiros e salvam as mães e pais angustiados que precisam levar os filhos ao salão.

O atendimento é especial para aqueles que choram e querem correr para longe do barulhinho da maquininha de raspar o cabelo.

Eles atendem no Tesoura Kids, dentro de um ônibus envelopado com mais “Vingadores”. Acabaram de chegar à Morada da Serra e têm atraído gente de toda a cidade.

O Mercedes Benz fica estacionado dentro de um posto de gasolina, ao lado do Ginásio Verdinho.

A inovação saiu da cabeça inquieta do Homem Aranha, digo, David de Almeida Júnior, 29 anos, que conta com a parceria do Homem de Ferro [opa!], Jonathan Willian da Silva Assunção, 28.

Eles recebem a criançada de segunda a sábado, das 9h às 21 horas, para cortar o cabelo e, se preciso for, brincar.

“Acredito que seja a primeira neste formato. Corto cabelos desde 2006 e, ao longo do tempo,  percebi certa dificuldade ao cortar o cabelo das crianças. Algumas têm muito medo. E fora isso, muitos meninos costumam acompanhar os pais em barbearias com ambiente de adultos, não tem nada para entretê-los. Agora é a hora de mudar isso: o pai vai cortar no ambiente do filho”.

O ônibus foi todo adaptado para receber os pequenos. Além dos barbeiros vestindo figurino de super-herói, há espaço com brinquedos, X-Box 360 com vários jogos e, de frente às cadeiras, televisões para distraí-los.

“Muitos se assustam ao acompanhar o corte, a tesoura”. Outras três cadeiras foram adaptadas e o suporte sustenta carrinhos que outrora foram usados com controle remoto. “Fiz essa adaptação. Eles se divertem, pois são sonoros”.

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre

Mas será que são todos que permanecem paradinhos na cadeira ou no carrinho?

“É, nem todos. Mas estamos preparados para atender bebês. Hoje mesmo, atendemos um de seis meses. Foi o primeiro corte, mas foi bem tranquilo. Outros, se precisar, atendemos enquanto brincam no chão. O importante é que se sintam à vontade”.

David conta que a primeira ação da Tesoura Kids, nos dias 12 e 13 de outubro, foi beneficente. Ele inaugurou as atividades estacionando por dois dias no Parque Tia Nair. Lá, realizou uma série de cortes de graça. “Sempre vamos fazer ações sociais”.

À espera da Mulher Aranha

No ônibus, os cortes custam R$ 30, tanto para o pai, quanto para o filho.

“Por enquanto, estamos atendendo só essa clientela. Mas já estamos acertando com uma Mulher Maravilha que, dentro em breve, vai somar à nossa equipe para atender as mães e meninas”.

Recém-chegado à equipe está o Capitão América, que atua como monitor. Mas quando a reportagem foi até lá, era um feriado e ele estava de folga. Super-herói também precisa de descanso, não é mesmo?

Acrobacias de super-herói

Jonathan, que corta o cabelo da criançada vestido de Homem de Ferro conta que ambos têm verdadeira devoção pela profissão. “Costumo dizer que é uma arte, não é só trabalho”.

Dentre os clientes que mais lhe exigiram dedicação – e ele fala com o orgulho de quem se saiu bem e ajudou alguém a superar um medo – foi um pequeno que simplesmente não queria passar da escada do ônibus.

“Chamamos ele para brincar no chão e eu fiz de conta que a maquininha era um carrinho. E assim, conseguimos cortar. E acabou que ele só chorou porque tinha que ir embora”, se diverte.

Reação parecida foi a do pequeno Luiz Otávio. Acompanhamos de perto.

A mãe, Marcieli Auxiliadora chegou com ele dormindo. Sentou à cadeira e até aí, tudo bem. Mas logo ele acordou e da cadeira, foi para o carrinho. Por fim, acabou no chão, brincando com o Homem Aranha.

“Vi no Facebook e agendei pelo WhatsApp. Para cortar o cabelo dele, olha, já pensei até em amarrá-lo”, ri muito. “Uma vez meu pai o levou em um barbeiro que cortou sem querer a orelha dele. Virou trauma, ele fica muito bravo. Mas agora deu certo, vou vir sempre”.

Enquanto isso, o agente de saúde Sebastião Marques de Souza Filho aguardava a vez do neto, que já estava muito à vontade ao fundo do ônibus.

“Vim abastecer no posto e quando ele viu os super-heróis, fez com que eu viesse até aqui com ele. Quando viu que era uma barbearia, pediu para cortar o cabelo no mesmo dia. Logo já estávamos de volta”.

David, o idealizador do Tesoura Kids foi um dos profissionais que viu a clientela cair quando houve o boom das barbearias “modernosas”.

“E aí eu pensei, preciso inventar algo se eu quiser me manter nesse negócio. Era temporada dos foodtrucks, estavam em alta. Daí, acabei vendo ônibus que adaptados viravam casas. Criei dois ônibus adaptados e os vendi recentemente. Um está no Jardim Imperial, de frente ao Belvedere, e o outro, na entrada do Florais. Precisei vende-los, pois, meu pai estava doente”.

Mas logo veio a ideia iluminada de desenvolver um espaço pensado especialmente para as crianças. “A gente corta o cabelo e se diverte”.

O Tesoura Kids está estacionado no Posto Bonitão, na avenida do CPA, 119, ao lado do Ginásio Verdinho e em frente ao Hospital do Câncer. Telefone: (65) 99227-5826

Acesse o Tesoura Kids no Facebook [clique aqui] e Instagram [clique aqui]

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAnimais Fantásticos 3 terá roteirista dos filmes de Harry Potter
Próximo artigoPor uma boa causa: Daniel faz show em prol do Hospital do Câncer de MT

O LIVRE ADS