Homem adiciona criança de nove anos no WhatsApp e manda fotos de nudez

Aos prantos e em desespero, a menina ligou para a mãe e contou o ocorrido

Foto ilustrativa

Uma família do Bairro Jardim Tropical, de Canarana (830 km de Cuiabá), passou por um susto nessa quinta-feira (29) quando a filha, de nove anos, foi acionada por um homem no aplicativo WhatsApp e começou a receber fotos de nudez dele.

A menina ligou para a mãe chorando dizendo que o homem a tinha adicionado e começou a falar besteiras de cunho sexual e de forma íntima, mandando, em seguida, várias fotos do corpo dele.

Bastante assustada, ela apagou todas as fotos e mensagens do celular e ligou imediatamente para a mãe.

Assim que ouviu a filha, a mãe pegou o celular da criança e, se passando pela menina, conseguiu falar com o homem. Em seguida, ele foi bloqueado no aplicativo.

O pai procurou a polícia e registrou um boletim de ocorrência por “aliciar, assediar, instigar, ou constranger, por qualquer meio de comunicação, criança, com o fim de com ela praticar ato libidinoso”.

O caso de pedofilia será investigado pela Polícia Judiciária Civil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTaxa de desemprego no Brasil cai para 11,8%, diz IBGE
Próximo artigoHomem tenta estuprar adolescente e é identificado pela conta de água

O LIVRE ADS