Hackers atacam sistema do TSE e divulgam dados internos no dia da eleição

O grupo "CyberTeam" divulgou os dados depois que o TSE afirmou que não havia sofrido ataque algum

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Neste domingo (15), dia das eleições municipais no Brasil, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sofreu um ataque virtual de grande escala. Os hackers vazaram uma série de informações internas para demonstrar a vulnerabilidade do sistema.

O vazamento foi exposto por um grupo chamado “CyberTeam” e ocorreu após o TSE negar ter sofrido um ataque virtual.

Segundo o grupo, o vazamento de informações não tem necessariamente uma mensagem política, é apenas uma maneira de desmentir o tribunal, que negou o ataque, e afirmar que o Estado brasileiro não possui uma defesa eficiente para ataques virtuais.

“A segurança do TSE foi comprometida logo após ser anunciado que a segurança tinha sido reforçada devido ao ataque efetuado no STJ e nos outros domínios do Ministério da Justiça. Isso só prova que os gastos milionários do governo, não serviram para p* nenhuma”, afirmou o grupo, segundo reportagem do site Olhar Digital.

Os dados divulgados mostram a estrutura de um banco de dados do TSE, mas não expõem dados de cidadãos. No entanto, eles apresentam uma série de credenciais de acesso aos sistemas do tribunal em sete arquivos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“PT sairá fortalecido nessa eleição”, diz ex-presidente Lula
Próximo artigoMT: 26 presos na eleição