Guilherme Bravo lança linha de cosméticos para todos os tipos de cabelos em live no Instagram

A live será realizada nesta quinta-feira (14), às 19 horas, nos perfis do Instagram @formula.bravo e @guilhermebravobeautyspa

Utilizando sua vasta experiência na área da beleza, o empresário Guilherme Bravo, 30 anos, estudou com muita precisão, desde a matéria prima e a essência, até o cuidado com os fios de cabelos, e criou uma linha de cosméticos para todos os tipos de cabelos.

A primeira fase dos produtos Fórmula Bravo foi a suplementação vitamínica em cápsulas, que promete mais beleza e saúde. “O cuidado vem de dentro para fora”, afirma Guilherme.

Já nessa nova etapa a marca passa a oferecer uma linha completa de cosméticos para cuidados com os cabelos.

Com muitos estudos e pesquisas, o empreendedor chegou em uma fórmula que garante o “cabelo de salão” sem sair de casa. Com tantas evoluções e inovações no setor da tecnologia, ocasionalmente pode ser difícil se manter atualizado de tudo, mas Guilherme superou todo esse desafio e está lançando 23 produtos em sua linha de cosméticos.

Guilherme usou toda sua experiência para criar a linha de produtos

Com uma gama completa de produtos, Guilherme fez questão de ter produtos para todos os tipos de cabelo: cacheados, lisos, loiros e escuros. A linha de itens serve tanto para o gênero feminino quanto para o masculino e a coleção de cosméticos inclui todo o cuidado profissional, que vai desde a limpeza até a finalização.

Os produtos não são testados em animais, contêm somente ativos de origem natural e são livres de parabenos.

Como comprar

A venda dos produtos começará durante a live de divulgação e, posteriormente, será feita pelo site formulabravo.com.

O lançamento será nesta quinta-feira (14), às 19 horas, horário de Cuiabá, e será transmitida em uma live simultaneamente em dois perfis do Instagram: @formula.bravo e @guilhermebravobeautyspa, além do canal da marca no Youtube.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQuem já tem anticorpos? Pesquisa de prevalência da covid-19 segue até dia 30
Próximo artigoFuturo da energia: nuclear, eólica e solar para diversificar matriz