Grupo de Dominghetti ofertou vacina Janssen a MT com “comissão” para negociadores

Preço de US$ 14 por dose continha US$ 1 de "comissão" para empresários e US$ 1 para agentes públicos envolvidos em processo de compra

(Foto: Reprodução/Senado Federal)

Documentos da CPI da Covid, em andamento no Senado, apontam que o grupo do cabo da Polícia Militar Luiz Paulo Dominghetti Pereira ofereceu a vacina Janssen ao Governo de Mato Grosso ao preço de US$ 14 a dose, com comissão para empresários e agentes públicos embutida. 

As informações fazem parte de nova documentação recebida pela CPI e são referentes a troca de e-mail entre membros de atravessadores no processo de compra com os governos federal e estaduais. 

Conforme reportagem da TVCA, veiculada nessa quarta-feira (4), os integrantes do grupo de Dominghetti teriam trocado e-mail no dia 24 de março. 

Do preço ofertado – US$ 14 por dose -, US$ 1 seria destinado para os empresários e US$ 1 para agentes públicos envolvidos na negociação.

O valor é o mesmo que aparece no e-mail compartilhado pelo Governo de Mato Grosso, no mês passado, sobre a oferta feita por Helder Mello, que se apresentou como representante da da empresa Davatti Medical Suplly. 

O que diz o Governo de Mato Grosso?

Em nota divulgada na noite desta quarta-feira (4), o Governo de Mato Grosso afirmou que esse e-mail foi encaminhado para o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e “em uma única resposta, o secretário requereu a carta de representação da empresa com a fabricante”. 

O documento seria a condição obrigatória para que o Estado iniciasse qualquer negociação de compra de vacina, por se tratar de instrumento comprobatório e de segurança jurídica. 

A abertura de negociação não teria ido para frente porque a carta de representação não foi apresentada por Helder Mello. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÁguas Cuiabá doa caminhão-pipa para proteção ao Pantanal
Próximo artigoHelicóptero com cocaína: bombeiro do RJ é preso suspeito de ser piloto da aeronave