Grampos: Galindo será ouvido

Ex-secretário de Segurança Pública vai depor em Brasília (DF) como testemunha

Foto: José Medeiros/Gcom

Está marcado para dia 10 de outubro, às 15 horas, o depoimento, na condição de testemunha, do ex-secretário de Estado de Segurança Pública Fábio Galindo, na ação que julga um esquema de interceptações telefônicas ilegais iniciado em setembro de 2014, que ficou conhecido como “Grampolândia Pantaneira”.

Galindo vai testemunhar em Brasília (DF), cidade onde mora atualmente, por meio de carta precatória. Depois o documento é enviado para a 11ª Vara Criminal Militar de Cuiabá.

Em 2015, primeiro ano do governo Pedro Taques (PSDB), que concorre à reeleição, Galindo era adjunto do então secretário de Segurança Pública Mauro Zaque, que é promotor de Justiça.

O então secretário estadual e seu adjunto apresentaram, à época, ao governador slides detalhados de como funcionavam os grampos.

Cinco policiais militares que são réus na ação da “Grampolândia” já prestaram depoimento à Justiça.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQualidade da carne: Nelore permeia discussões da ExpoGenética 2018
Próximo artigoPM do Rio faz operação no Morro Dona Marta