Governo proíbe até novembro uso de fogo para limpeza de áreas rurais

Decreto do Executivo se fundamenta em estudos de combate ao desmatamento ilegal

(Foto: Mayke Toscano/Secom-MT)

Até o dia 12 de novembro, estará proibido em Mato Grosso o uso de fogo para limpeza e manejo de áreas em propriedades rurais.

A proibição é consequência do Decreto nº 659, assinado pelo governador Mauro Mendes (DEM), que prorrogou o período proibitivo de queimadas em Mato Grosso.

O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) que circulou na sexta-feira (2).

O governador justificou o decreto observando a aplicação dos princípios da prevenção e precaução, juntamente com a execução do Plano de Ação de Combate ao Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais de Mato Grosso, realizado neste ano pelo Comitê Estratégico para o Combate do Desmatamento ilegal, a Exploração Florestal ilegal e aos Incêndios Florestais (CEDIF-MT).

Em 2020, Mato Grosso chamou a atenção do planeta pelos incêndios no Pantanal mato-grossense. No total, já foram devastados mais de 2,5 milhões de hectares, sendo 311 mil somente nas últimas duas semanas, o que representa 17,8% da área total queimada.

Os dados são do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) Prevfogo em parceria com o Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais (LASA/UFRJ)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGolpe ou campanha suja?
Próximo artigoBaratas e asmas? Insetos podem causar doenças que você nem imagina