Governo inaugura escolas com “ensino 4.0”, voltado para práticas tecnológicas

Escolas no Pedra 90 e no Coophema, em Cuiabá, participam do novo modelo de ensino e receberam investimento de R$ 10 milhões

(Foto: Reprodução/Secom-MT/David Borges)

O governo de Mato Grosso inaugurou nesta segunda-feira (10) duas reformas de escolas nos bairros Pedra 90 e Coophema, em Cuiabá, com o conceito de “ensino 4.0”.  

Conforme a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), as escolas terão laboratório com instrução em robótica, acesso à internet e programas voltados para a profissionalização dos estudantes. 

“Nós estamos trazendo para dentro das escolas um novo formato de ensino, com laboratório, desenvolvimento em tecnologia para que possam capacitar os alunos, principalmente os alunos do ensino médio. Eles vão receber profissionalização, além da formação acadêmica”, afirmou o governador Mauro Mendes. 

Internet das coisas

Conforme pesquisadores em educação, o termo ensino 4.0 faz referência à revolução tecnológica que inclui linguagem computacional, inteligência artificial e internet das coisas (IoT). 

O foco do modelo é acompanhar o desenvolvimento tecnológico e científico pelo ensino. As escolas passariam de um modelo mais teórico, centrado nas áreas de humanidades, para o desenvolvimento de experimentação e projetos. 

A Seduc disse que nas escolas foram instalados laboratórios de robótica, química, informática com programas no currículo dos alunos para o desenvolvimentos de trabalhos tecnológicos e científicos.  

O projeto piloto 4.0 foi implantado nas escolas Hermelinda de Figueiredo, no Coophema, na Dr. Mário de Castro, no Pedra 90, em conclusão de reformas iniciadas em 2015. Foram aplicados R$ 10 milhões. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCrianças e adolescentes têm menos probabilidade de transmitir o coronavírus
Próximo artigoObras de esgoto no Consil entram na fase final