Governo do Estado transforma a Santa Casa em hospital estadual

Unidade filantrópica está fechada desde o dia 11 de março, por extrema crise financeira

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), confirmou, na tarde desta quinta-feira (2), que o Estado vai assumir a gestão da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá. A unidade está fechada desde o dia 11 de março, devido à extrema crise financeira.

De acordo com o governo, em razão da interferência, o hospital filantrópico, que tem mais de 200 anos, passará a ser considerado uma unidade pública e estadual de alta-complexidade. Sua gestão será feita pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Em coletiva de imprensa, Mendes informou que trata-se de uma “requisição administrativa dos bens e serviços”, que foi decretada nesta tarde, e deverá ser publicada no Diário Oficial do Estado (Iomat) em uma edição extra, ainda hoje. Conforme o governador, a medida foi tomada após estudo de viabilidade feito pela SES.

“A medida se faz necessária diante do fechamento da unidade, desde 11 de março, e da grave crise ocasionada, bem como a notória insolvência financeira da unidade e suspensão dos serviços à saúde pública, que culminaram com grave risco para a própria preservação da vida humana”, diz trecho de uma ‘nota à sociedade’, entregue aos jornalistas.

No documento, consta que a “requisição” da administração da Santa Casa tem caráter emergencial e temporário. No entanto, o governador comentou que a medida poderá durar, inclusive, anos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDesembargadora chama obra do VLT de “pocilga”, mas decisão sobre modal é adiada
Próximo artigoTranspantaneira recebe atletas do Circuito Sesc, etapa Pantanal