Governo Bolsonaro diz que não retomará horário de verão

Ministro diz que entendimento continua sendo de que a medida não ajuda na economia de energia elétrica

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque descartou nesta quinta-feira (30) a possibilidade de o horário de verão ser retomado no Brasil. O programa foi extinto em 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro sob o argumento de que não representava grande economia de energia elétrica para o país.

Conforme o ministro, o entendimento do governo se mantém, por isso, “permanece da forma como está”.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, alguns setores da economia vinham pressionando pela retomada. Entre os motivos está a crise hídrica pela qual o país passa e quem afetado hidrelétricas e, consequentemente, aumentado a tarifa de energia.

O horário de verão seria visto por esses setores como uma medida para aliviar a pressão sobre os reservatórios das hidrelétricas durante o pior período da estiagem, enquanto as chuvas de verão não chegam.

Entre os setores interessados, conforme a Folha de S. Paulo, estariam o de turismo, centros de serviços e shoppings que, além da economia, viam no horário de verão uma possibilidade de aumentar a arrecadação, já que os dias passariam a ter uma hora a mais de claridade, o que estimularia os consumidores.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLira se reúne com Bolsonaro e Guedes para baixar o preço dos combustíveis
Próximo artigoJovem entra em rio para salvar o irmão e morre afogada