Governo autoriza drive-thru e sistema pegue-leve de restaurantes até 20h45

Alterações foram publicadas no Diário Oficial dessa quinta-feira (11) e já estão em vigor em todo o Estado

(Freepik/Ilustrativa)

O Governo de Mato Grosso atualizou as medidas restritivas contidas no Decreto 836/2021, para conter a disseminação da covid-19 e autorizou o funcionamento de restaurantes e congêneres nos sistemas take-away (pegue-leve) e drive-thru.

As alterações foram publicadas no Diário Oficial dessa quinta-feira (11) e já estão em vigor em todo o Estado.

Pelo novo decreto, o funcionamento dos restaurantes e estabelecimentos comerciais similares está autorizado nas modalidades descritas acima somente até às 20h45, horário que antecede o toque de recolher previsto em decreto anterior.

Conforme a publicação, as novas regras consideram “a constante necessidade de atualização das medidas não farmacológicas para evitar a disseminação da covid-19 sem olvidar da manutenção das necessidades essenciais coletivas”.

Confira as regras válidas para os 141 municípios de Mato Grosso:

– De segunda à sexta, proibição de todas as atividades econômicas das 19h às 5h. Aos sábados e domingos, a proibição será após o meio-dia. A exceção fica por conta das farmácias, imprensa, hospedagem, serviços de segurança e vigilância privada, serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências), indústrias, transporte de alimentos e grãos, e serviços de manutenção de atividades essenciais, como água, energia, telefone e coleta de lixo.

– Supermercados poderão funcionar nos sábados das 5h às 19h. Aos domingos até o meio-dia.

– Restaurantes, inclusive os localizados em shoppings, poderão atender nos sábados e domingos até às 14h.

– Fica autorizado o funcionamento de restaurantes e congêneres nas modalidades take-away e drive-thru somente até às 20h45m.

– Nos horários permitidos, as atividades econômicas deverão respeitar as medidas de segurança, como o uso de máscara, distanciamento e limitação de 50% da capacidade máxima do local.

– Eventos podem ocorrer dentro do horário permitido, respeitado o limite 30% da capacidade do local, e número máximo de 50 pessoas.

– Os serviços de entrega por delivery seguem autorizados até às 23h.

– O transporte coletivo e congêneres (Uber, 99, etc) podem funcionar normalmente.

– Toque de recolher a partir das 21h até às 5h, com proibição de circulação.

– Nos órgãos públicos estaduais, fica suspenso o atendimento presencial em todas as secretarias e órgãos do governo, com exceção das unidades finalísticas. Quanto a jornada de trabalho, cada secretaria/autarquia vai disciplinar medidas para redução do fluxo de pessoas.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFachin vota contra decretos de Bolsonaro sobre compra e posse de armas
Próximo artigoCrianças e a Pandemia