Entidades mato-grossenses participam de missão técnica na Austrália

Será elaborada agenda colaborativa para o desenvolvimento de negócios entre o Brasil e a Austrália

Foto: Assessoria

Lideranças da Famato, Senar-MT e Imea participaram de uma Missão Técnica na Austrália neste mês. A viagem, que durou 12 dias, é fruto de várias reuniões realizadas em Mato Grosso com representantes da Austrade – agência do governo australiano que promove exportação de produtos e atrai investimentos para o país.

O governo australiano busca conhecer o trabalho dos produtores rurais do Estado para desenvolver a sua agricultura na região tropical. “Fomos convidados a ajudá-los nessa proposta de desenvolvimento da agricultura e da pecuária do norte do país”, relata o presidente da Famato, Normando Corral.

Entre os compromissos firmados na viagem está a construção de uma agenda de colaboração para o desenvolvimento das relações de negócios entre o Brasil e a Austrália.

Os participantes conheceram a organização da produção agropecuária e as possíveis oportunidades para empreendedores brasileiros. Também conheceram algumas das tecnologias utilizadas na produção da região, a forma de comercialização, exportação, visitaram propriedades rurais e centros de pesquisa.

“Tivemos várias reuniões para entender como funcionam as questões governamentais, a pesquisa e os estudos agronômicos como solo, clima, relevo e produções. Além disso, buscamos entender as questões de infraestrutura”, explicou Corral.

O superintendente do Senar-MT, Otávio Celidonio pontuou que durante a viagem, observou uma predominância na produção pecuária e horticultura no país e que por ser uma população pequena, “o foco ainda é na produção e comercialização de produtos com maior valor agregado”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApós viver drama à espera de UTI, jovem dá à luz gêmeos prematuros
Próximo artigoMorre aos 74 anos, o crítico de cinema e comentarista do Oscar, Rubens Ewald Filho