Governador diz que vacinação de crianças contra a covid-19 terá “decisão técnica”

Mauro Mendes afirmou que autorização de vacina não cabe a gestores, mas a técnicos ligados ao serviço de saúde

O governador Mauro Mendes disse nesta segunda-feira (20) que se houver divergência das autoridades em Mato Grosso sobre a vacinação de crianças contra a covid-19, o assunto será decidido pela equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde. 

Ele afirmou que não irá tomar “decisão política” ao aval da  Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão responsável pela liberação das vacinas no Brasil. 

“Se existir alguma coisa divergente, certeza que nossos técnicos vão rever os temas. O sistema de vacina não deve ser politizado, tem que ser uma decisão de quem é técnico”, disse. 

A Anvisa aprovou o uso da vacina produzida pelo consórcio Pfizer-BioNTech, a Comirnaty, contra a covid-19 em crianças com idade de 5 a 11 anos. 

A aprovação foi anunciada na quinta-feira (16), após avaliação técnica da agência, sobre o pedido apresentado em novembro, indicando o uso da vacina para este público.  

No mesmo dia, na live semanal em redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro criticou a aprovação e disse que iria rever a situação dos técnicos da agência que autorizaram o uso da vacina. 

Hoje, Mauro Mendes disse que o assunto não cabe a um o governador e nem do presidente e nem dos prefeitos”. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorThe Northman, novo filme do diretor Robert Eggers, ganha trailer brutal
Próximo artigoFogos de artifício: 5 dicas importantes para proteger os pets